Política
Aguinaldo Ribeiro diz que pré-candidatura ao Senado "não amadureceu" e sentencia que não joga dos dois lados

Publicado em 15/06/2022 17:37

Reprodução

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro disse que a pré-candidatura ao Senado "não amadureceu" e sentenciou que não joga dos dois lados, ao criticar os governistas que rejeitaram seu nome na chapa majoritária do governador João Azevêdo. As declarações foram dadas em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quarta-feira (15), após a coletiva de imprensa na qual Aguinaldo anunciou que disputará a reeleição a deputado federal e não vai mais disputar o cargo de senador.

Questionado sobre os motivos, Aguinaldo Ribeiro disse que "não é o que pesou. São vários fatores condicionantes. Ouvimos muitos colegas, companheiros. A pré-candidatura não amadureceu. Eu estipulei algumas condições."

Aguinaldo Ribeiro também alfinetou os governistas que rejeitaram seu nome para o Senado, como os membros do Republicanos que votarão em João Azevêdo e em Efraim Filho, o qual integra a chapa de Pedro Cunha Lima. "Como é que vai fazer campanha votando no candidato a governador de uma chapa e o candidato a senador de outra chapa? E participar dos eventos e sair correndo porque o outro vai chegar...?"

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Questionado se seu nome vai atrapalhar aliados na disputa na proporcional, o deputado federal disse que, "em relação à chapa proporcional, nós vamos fortalecer a chapa. Estamos animados em fazer a campanha da proporcional e, modéstia a parte, a gente sabe fazer."

Em relação à possibilidade de Efraim Filho voltar a integrar a base de João Azevêdo, com a desistência dele da disputa ao Senado, o deputado disse que a "questão do pré-candidato a senador tem que ser conduzida pelo governador do Estado. Não tenho problema com Efraim Filho, não tenho problema com ninguém."

E sobre o Republicanos, Aguinaldo alfinetou dizendo que "o que eu não faço é jogar dos dois lados. Essa questão do Republicanos cabe a ele."

Havia a expectativa da confirmação do nome de Aguinaldo Ribeiro para o cargo de senador na chapa majoritária do governador João Azevêdo, o que não aconteceu. Segundo a mãe de Aguinaldo, Virgínia Ribeiro, a desistência de disputar o Senado ocorreu na manhã de hoje, após reunião dele com João Azevêdo.


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2022 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com